IMG_2695

Super Bowl 50

Em 7 de fevereiro deste ano ocorreu o Super Bowl 50, na Califórnia – USA. Foi o maior evento já transmitido na historia da televisão.

IMG_2697

Segundo a Nielsen Audience, a transmissão feita pela CBS Television Network foi assistido por 167 milhões de pessoas, e esse fantástico numero reflete apenas a audiência da televisão broadcast, sem incluir os serviços de televisão online e de streaming.

A transmissão por streaming, distribuída pela CBS e pela NFL, foi assistida por 3.96 milhões através de laptops, desktops, Smart TVs e por telefones celulares.

IMG_2699

Foram mais de 402 milhões de minutos no total da cobertura. Prestando atenção em mais de 101 minutos para cada espectador. Durante a janela do jogo os espectadores consumiram mais de 315 milhões de minutos de cobertura.

Durante a competição,  no total 70 câmeras  em 12 caminhões de externas foram utilizadas para capturar o evento.

Este ano a CBS implementou a transmissão, com 36 câmeras montadas  ao longo do topo do estádio, para criar uma perspectiva de 360° para as tomadas do instant-replay.

O streaming ao vivo estava disponível praticamente em todas as plataformas. No CBSSports.com para PCs e tablets, o CBS Sport App para iPad, Android e tablets com Windows 10, também para Netflix, Amazon Fire TV, Android TV, Apple TV, Chromecast, Roku, Xbox One, alem de dos celulares da Verizon. Tudo aberto e grátis!!!

“Para nós, o nosso objetivo foi expor o jogo para a maior audiência possível”, disse Jeffrey Gerttula, vice-presidente sênior da CBS Sports Digital, em uma entrevista.

A infraestrutura de rede digital montada no Levi’s Stadium foi a maior da história. Cerca de 800 Km de cabos de dados, 1.300 pontos de Wi-Fi, 1.200 pontos de Bluetooth e um link de Internet com banda de 40 Gb/s. “A performance da conectividade do Levi’s Stadium foi nada menos que inacreditável” segundo Michelle Mckenna-Doyle, o CIO-Executivo Chefe de Informática da NFL – National Football League.

IMG_2693

O Levi’s Stadium se tornou o primeiro local a transferir 10 TB numa rede Wi-Fi, transferindo 10.1 TB durante o Superbowl.

IMG_2696

Segundo a Verizon, nos celulares da área do estádio, durante o Super Bowl e durante toda a semana, videos, pesquisas na web e nas mídias sociais, utilizaram mais de 68.6 tera bytes, o que equivale a mais 45 milhões de posts. Isso somente foi possível graças a um investimento de US$70 milhões para triplicar a infraestutura de 4G já instalada na região.

Isso, é claro, se traduz em maximizar o número de globos oculares sobre os anúncios de TV exibidos durante The Super Bowl, que foram vendidos este ano pelo preço recorde de US$5 milhões por cada comercial de 30 segundos.

A transmissão aberta do Super Bowl foi mais um golpe no Cabo. Os serviços de streaming digitais como Netflix e Amazon têm investido pesadamente em conteúdo original como “Jessica Jones”, “Daredevil” e “The Man in the High Castle.” No ano passado, houve uma explosão de opções que oferecem a possibilidade de assistir a programação da HBO, Showtime e Nickelodeon, entre outros, sem uma assinatura por cabo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s