Jornalismo não é brincadeira, é pauleira pura

Vem ocorrendo uma sequencia, fruto de um ciclo virtuoso, que começa com o aumento de qualidade dos padrões de videos, HD, Full HD, 4K, 8K, etc, seguido pelo aumento de qualidade da câmeras, com aumento de processamento, aumento no consumo de energia das câmeras e a consequente melhoria das baterias, com aumento de capacidade de corrente e com o aumento da capacidade armazenamento de energia das baterias, saltando de 100 Wh para 150 Wh, 200 Wh e agora para 300 Wh, lançadas pela Energia a um ano atrás, no inicio de 2019.

E aí surgem 2 problemas: as autoridades de transportes que continuam travadas no passado, com o limite de 100 Wh e os carregadores antigos, ainda em utilização em muitas emissoras e produtoras, limitados em 2Ah, podendo demorar até 24 horas para recarregar uma bateria de 300Wh. Um dia produz e o outro carrega???

O segundo problema é fácil de resolver – A Energia lançou 2 tipos da carregadores: o modelo desktop TC-2, com 6Ah capaz de carregar 2 baterias de 300Wh em apenas 8 horas e o super carregador portátil TC-LJ com 8Ah de capacidade, carrega uma bateria de 300Wh em apenas 3 horas.

As novas baterias de 300Wh da Energia, alem de atender as demandas por mais energia (tempo de operação) e também a demanda por mais corrente suportando até 15A de corrente de operação, as novas baterias EP-L300 têm o menor custo Wh/US$.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s