Arquivo da tag: luminárias de LED

LED – Mas Qual LED?

O desperdício de energia elétrica e o seu consequente aumento da poluição e aumento do aquecimento global deixou de ser tema das ONGs para fazer parte da pauta dos grandes governantes.

Recentemente em sua encíclica Laudato Si (Louvado Seja), o Papa Francisco exortou os cristãos a cuidarem do nosso planeta.

Ontem, 03 de agosto de 2015, na Casa Branca, ao lançar seu Plano de Energia, o presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou a respeito do aquecimento global – “Nós somos a primeira geração a sentir os efeitos e a última que pode fazer algo a respeito”.

Tungstênio

Até quando os grandes estúdios de televisão e de cinema continuarão desperdiçando energia, com luminárias incandescentes e consequentemente com seus sistemas de climatização para eliminar o calor gerado pela iluminação obsoleta? Qual o motivo? Qual a explicação?

Fluorescente

As lâmpadas fluorescentes têm um resultado ainda pior, pois têm um espectro muito pobre incompatível com as câmeras HD. Além de serem extremamente poluidoras quando do seu descarte.

150803 - LED - Mas Qual LED - sem nomes-1

Adoção do LED

A adoção do LED como dispositivo de iluminação tem demonstrado alta eficiência energética com redução de até 90% do consumo de energia e na geração de calor. Os LEDs atualmente têm um tempo mínimo de vida de 50 mil horas, proporcionando economia na troca de lâmpadas. Quanto a qualidade da luz, recentemente os LEDs já apresentam CRI de 98% quer em 5600 Kelvin, aproximando à qualidade da luz natural (solar) assim como em 3200 Kelvin ficando idêntica à lâmpada de tungstênio.

Acredito que a campanha pelo uso de LED para iluminação seja uma etapa superada. Os LEDs atualmente apresentam alta intensidade, baixo consumo, baixa geração de calor, longa duração e alta qualidade de luz. A questão agora é saber qual o LED.

Fidelidade de Cor

Além das questões básicas como que grandeza utilizar? Como medir a intensidade? O ângulo de iluminamento? A questão fundamental é a fidelidade de cores. Para medir a Fidelidade de Cores devemos medir a intensidade de cada cor da luz gerada por cada LED em questão. Numa primeira análise o CRI – Color Rendering Index (índice de reconhecimento de cor) pode ser de grande ajuda. Porem, as cores analisadas e que compõe o cálculo desse índice são apenas 8 cores. A maioria dos fabricantes de LED e de luminárias apresentam o CRI de 8 cores, ficando de fora as cores mais saturadas como o vermelho (R9) e o azul (R12) entre outras como mostra a figura abaixo.

cri

 

Os LEDs da Energia

A busca de uma alternativa eficiente para as tecnologias convencionais de iluminação, frequentemente sacrifica a qualidade de cor pela eficiência energética. Enquanto muitos LEDs no mercado atual focam na máxima eficiência, objetos iluminados por eles podem aparecer pálidos, sem saturação e até mesmo distorcendo a realidade, realçando algumas cores em detrimento de outras. Os LEDs da Energia têm eliminado esses problemas, priorizando nossos esforços em pesquisa do nosso próprio fósforo, temos conseguido LEDs com plena resposta em todas as cores, resultando no real Full Spectrum LED. O nosso foco no fósforo do LED nos permitiu oferecer luminárias com LEDs de até 98% de Ra, considerando, não apenas as 8 cores do CRI, mas todas as 15 cores, indicando que os objetos iluminados pelos nossos LEDs terão a mesma aparência quando iluminados por uma luz natural.

15 Anos de Experiência

A qualidade da luz depende exclusivamente do fósforo utilizado no LED. Como temos o controle do fósforo, podemos especificar o LED que desejarmos e consequentemente fazer luminárias sob medida para os nossos clientes.

Os nossos projetos começam com a escolha do fósforo que comporão os nossos chips.

Um projeto térmico resultante de nossa experiência pioneira é executado por excelentes fábricas na China e na Coreia. A partir de nossa sede em Nanjing controlamos a qualidade de todo o processo, desde da compra de componentes até o embarque dos produtos diretamente para os nossos clientes ou para o nossa sede no Rio de Janeiro.

150803 - LED - Mas Qual LED - sem nomes-2

Alto CRI Não Basta – Tem que Ser Full Spectrum

CRI, como já dito acima, é a media das amostras de 8 cores apenas. Enquanto os LEDs típicos do mercado e até os utilizados por empresas famosas apresentam um bom score nestas 8 cores, esses LEDs têm medidas bastante ruins (abaixo de 50%) em algumas cores fundamentais, como o Vermelho Puro (R9) ou no Azul Puro (R12).  Os LEDs da Energia apresentam desempenho acima de 90% em todos os valores de R.

 

Mas Qual LED

 

TLCI – Television Lighting Consistency Index

Além do limitado numero de cores analisadas no CRI, outra questão é a adequação do CRI às câmeras digitais. O CRI foi desenvolvido com parâmetros de reconhecimento de cores do olho humano. Preocupado com a validade desse índice, a EBU – European Broadcasting Union desenvolveu um novo índice baseado nos parâmetros de uma câmera digital de televisão.

Está ficando difícil escolher uma luminária de LED?

Minha sugestão é fazer foco nos seguintes pontos:

1 – Intensidade de Luz;
2 – Ângulo de Iluminamento;
3 – Garantia de Durabilidade e
4 – Preço.

 

1 – Intensidade de Luz

Quanto mais intensa melhor a luminária. Isso parece óbvio.

O problema é que essa informação não está clara na maioria dos fabricantes.

Luz se especifica com lux@1m, o que significa a quantidade de luz medida em lux a 1 metro de distância da luminária.

 Mas não é somente a intensidade numa direção e sim numa área ou sobre um ângulo de iluminamento.

2 – Ângulo de Luz – A luminária deverá Iluminar o que a câmera vê.

Como suponho que você está procurando uma luminária para seu evento o seu foco deve ser na lente da sua câmera, qual o ângulo que ela é capaz de ver e sobre tudo com que relação de aspecto.

 No sistema atual de televisão a relação de aspecto é 16X9 e assim as lentes estão cada vez mais abertas. Uma luminária deverá acompanhar o que a câmera é capaz de ver. Assim o ângulo de iluminamento deverá ser no mínimo de 60 graus, entre os limites de metade da intensidade.  

3 – Garantia de Durabilidade – Calor é Fatal para o LED

Os LEDs produzem pouco calor, esse pouco pode ser fatal para sua durabilidade. Assim, o controle eletrônico de temperatura do LED é mais que necessário, é fundamental.

 As luminárias Prolite são as únicas com VCD – Virtual Cooling Device, patente tecnológica brasileira que a Energia tem muito orgulho de ter desenvolvido e que resolve o problema de temperatura do LED.

 Por isso, procure luminárias com garantia incondicional, pois somente quem controla a temperatura poderá, honestamente, oferecer garantia longa.

 4 – Preço – Não Compre Luminária, mas Sim Luz que ela Gera

O preço a ser analisado é o do Lux. A melhor luminária é a que fornece mais Lux por menos R$. 

Não se esqueça do ângulo de luz, ele deve ser de 60 graus ou acompanhar a lente de sua câmera.